quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Álcool e direção – Definitivamente não combinam

     Fui a uma festa, e me lembrei do que você me disse. Você me pediu que eu não tomasse álcool, mãe, então, ao invés disso, tomei uma 'Sprite'.

     Senti orgulho de mim mesma, e do modo como você disse que eu me sentiria e que não deveria beber e dirigir. Ao contrário do que alguns amigos me disseram, fiz uma escolha saudável, e teu conselho foi correto. E quando a festa finalmente acabou, e o pessoal começou a dirigir sem condições...

     Fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz! Eu nunca poderia imaginar o que estava me aguardando, mãe... Algo que eu não poderia esperar... Agora estou jogada na rua, e ouvi o policial dizer: 'O rapaz que causou este acidente estava bêbado'! Mãe, sua voz parecia tão distante...

     Meu sangue está escorrido por todos os lados e eu estou tentando com todas as minhas forças, não chorar... Posso ouvir os para-médicos dizerem: 'A garota vai morrer'.

     Tenho certeza de que o garoto não tinha a menor idéia, enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu beber e dirigir, e agora tenho que morrer. Então por que as pessoas fazem isso, mãe? Sabendo que isto vai arruinar vidas? E agora a dor está me cortando como uma centena de facas afiadas... Diga a minha irmã para não ficar assustada, mãe! Diga ao Papai que ele seja forte. E quando eu for para o céu, escreva 'Garotinha do Papai' na minha sepultura.

     Alguém deveria ter dito aquele garoto que é errado beber e dirigir. Talvez, se seus pais tivessem dito, eu ainda estaria com possibilidades de continuar viva. Minha respiração está ficando mais fraca, mãe, e estou realmente ficando com medo... Estes são meus momentos finais e me sinto tão despreparada! Eu gostaria que você pudesse me abraçar, mãe... Enquanto estou estirada aqui, morrendo, eu gostaria de poder dizer que te amo, mãe!

     Então te amo e adeus!

(Essas palavras foram escritas por um repórter que presenciou o acidente. A jovem, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o repórter, anotando.)

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Cuidado com excessos nas Festas de Final de Ano

     O Natal e a passagem de ano estão chegando. O exagero das pessoas é comum nesta época. Sabemos que resistir a um belíssimo peru e às taças de champanhe, é muito difícil. As festas de Natal e de Ano Novo representam momentos inesquecíveis, junto à família e amigos, desfrutados, na maioria das vezes, em longas e agradáveis horas em volta de uma mesa. E os efeitos logo aparecem.

     Na semana seguinte às festas, dê preferência a chás e sucos para ajudar a eliminar essas toxinas. As carnes brancas como peixe e frango, de preferência grelhados, também são ótimas opções de proteína magra.

     A mesa da ceia, normalmente é muito bem servida e com a fartura que todos gostamos de ver. Mas, ali estão os vilões como o sal, a gordura - principalmente a saturada - e o açúcar, que, no dia seguinte, já mostram os seus efeitos danosos.

     É comum acordarmos com cansaço, desconforto abdominal e gases. Para os que passaram das duas taças de espumante, os efeitos ainda podem ser maiores, como dores de cabeça e inchaço no corpo.

     Esses efeitos para quem passou do ponto são produzidos pelo acúmulo de toxinas. Entretanto, um “após festa” nos permite reduzir os prejuízos causados pelo tal exagero.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Nove dicas engraçadas sobre como encurtar a vida

     Vamos admitir, é difícil manter hábitos saudáveis. Claro, você pode prolongar sua vida se parar de fumar, não beber como um louco, e pegar leve comendo menos porcaria… mas a vida foi feita pra se viver, certo? Então se você quer ficar ofegante cada vez que subir um pequeno lance de escadas, estar constantemente doente, leia as dicas abaixo! Com essas dicas você saberá exatamente como arruinar sua saúde e morrer cedo.

1. Fume como uma chaminé
     Se você é fumante, ótimo! Já está indo em direção ao túmulo. Caso você não seja fumante, por que não começar agora? Lembre-se, você não estará somente aumentando suas chances de ter um câncer de pulmão, mas também doenças do coração, câncer de estômago e até mesmo problemas de visão. Fumar é um caminho rápido e fácil para acabar com a sua saúde.

2. Experimente drogas
     Tabaco e nicotina não estão te matando tão rapidamente? Comece a “experimentar” drogas. Diga pra você mesmo que você não é um viciado, está apenas experimentando coisas novas. Dependendo do tipo de droga que você escolher, corre o risco de morte instantânea. Problema psiquiátrico, degeneração da sua saúde, e claro, o vício também vêm de brinde com seu novo “hábito” de usar drogas.

3. Beba álcool como se fosse água
     Essa droga é facilmente encontrada, e LEGAL. Lembre-se de beber todos os dias e com irresponsabilidade, assim sua saúde vai pro espaço. Aproveite os efeitos, vômitos, perda de memória, ressaca e redução do tamanho do cérebro (que é a causa da dor de cabeça). E claro, tem também os danos a médio/longo prazo, problemas de fígado, problemas de visão e eventualmente uma morte prematura. E caso você seja homem, prepare-se também para ficar impotente.

4. Coma porcarias regularmente
     Depois da bebedeira você provavelmente sentirá fome. Esse é o momento ideal para se empanturrar com fast food e outras porcarias, encha seu estômago de gordura: é ótimo para o entupimento de artérias e causar doenças do coração. Perfeito para aumentar seu peso.

5. Evite ao máximo frutas e vegetais
     Lembre-se de tirar a alface e tomate dos sanduíches fast food, beba refrigerantes ao invés de sucos, tire todos os vegetais da gaveta da geladeira e estoque latas de cerveja. Você estará aumentando seu risco de câncer, obesidade e doenças do coração, junto com outras coisinhas mais.

6. Nunca, nunca caminhe se você pode dirigir
     Ao caminhar você está exercitando-se, isso quer dizer que você diminui o risco de algumas doenças, então poderá atrapalhar em tudo que já foi feito em sua jornada em direção ao túmulo. Nunca dê um passo sequer se não houver necessidade. Gaste o tempo que for necessário dirigindo dentro do estacionamento, mas ache a vaga mais próxima do local onde deseja ir, de preferência pare na porta da loja. Use sempre a escada-rolante ou elevador, escadas convencionais, NUNCA! Invente quantas desculpas forem necessárias para adiar seus exercícios. Dessa maneira você terminará obeso, com maiores chances de contrair uma doença e muito provavelmente com depressão. Ótimo!

7. Recuse visitar o médico
     Para garantir que todos os problemas de saúde que você vêm com muita luta desenvolvendo ao longe de sua curta vida continuem despercebidos e sem tratamento pelo maior tempo possível, nunca visite um médico. Quanto mais tempo você evitar receber tratamento, maiores são as chances de desenvolver algum tipo de doença que irá matá-lo.

8. Dormir é para os fracos
     Outra forma de acabar com sua saúde é dormir o menos possível. Lembre-se de ir para a cama muito tarde (especialmente depois de beber todas, para garantir que terá uma péssima noite e acordará sentindo-se miseravelmente mal). Mantenha-se em um estado constante de cansaço, quanto mais você se sentir como um zumbi, completamente exausto, maiores são as chances de você precisar ingerir grandes quantidades de cafeína para manter-se acordado.

9. Torne sua vida estressante
     Finalmente, após todos os outros passos, você deve se sentir estressado, miserável e sem amor algum por sua vida. Estresse ajuda a aumentar o risco de ter um infarto fulminante a qualquer momento, ulceras, depressão, ou simplesmente ter um ataque de nervos.


     Antes que alguém queira me crucificar, o artigo é recheado de ironia e de forma alguma deve ser utilizado como guia. É apenas uma forma descontraída de tentar chamar atenção para hábitos e costumes que praticamos em nossas vidas, e que fatalmente contribuem para uma vida de pior qualidade.

Você se identifica em alguns dos pontos acima?

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Importância do descanso entre Jornadas de Trabalho

     Passamos cerca de um terço de nossa vida dormindo. Dormir bem é essencial não apenas para ficar acordado no dia seguinte, mas, para manter-se saudável, melhorar a qualidade de vida e até aumentar a longevidade. Nosso desempenho físico e mental está diretamente ligado a uma boa noite de sono.

     O efeito de um período em claro é semelhante ao de uma embriaguez leve: a coordenação motora é prejudicada e a capacidade de raciocínio fica comprometida, ou seja, sem o merecido descanso o organismo deixa de cumprir uma série de tarefas importantíssimas. O que nos aconteceria se não dormíssemos?

     Em estudo realizado pela Universidade de Chicago – EUA, onze pessoas com idades entre 18 e 27 anos foram impedidas de dormir mais de quatro horas durante seis dias. O efeito foi assustador. No final do período, o funcionamento do organismo delas era comparado ao de uma pessoa de 60 anos de idade. E os níveis de insulina eram semelhantes aos dos portadores de diabetes. Em pesquisas de laboratório, ratos usados como cobaias não agüentaram mais de dez dias sem dormir. A conseqüência: morte por infecção generalizada.

     Alguns fatos comprovados por pesquisas podem nos dar uma idéia da importância que tem o sono no nosso desempenho físico e mental. Por exemplo, num estudo realizado pela Universidade de Stanford, EUA, indivíduos que não dormiam há 19 horas foram submetidos a testes de atenção. Constatou-se que eles cometeram mais erros do que pessoas com 0,8 g de álcool no sangue - quantidade equivalente a três doses de uísque. Igualmente, tomografias computadorizadas do cérebro de jovens privados de sono mostram redução do metabolismo nas regiões frontais (responsáveis pela capacidade de planejar e de executar tarefas) e no cerebelo (responsável pela coordenação motora). Esse processo leva a dificuldades na capacidade de acumular conhecimento e alterações do humor, comprometendo a criatividade, a atenção, a memória e o equilíbrio.
  • Riscos provocados pela falta de sono a curto prazo: cansaço e sonolência durante o dia, irritabilidade, alterações repentinas de, perda da memória de fatos recentes, comprometimento da criatividade, redução da capacidade de planejar e executar, lentidão do raciocínio, desatenção e dificuldade de concentração.
  • Riscos provocados pela falta de sono a longo prazo: falta de vigor físico, envelhecimento precoce, diminuição do tônus muscular, comprometimento do sistema imunológico, tendência a desenvolver obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e gastro-intestinais e perda crônica da memória.
     Critérios adotados para evitar Fadiga durante a Jornada de Trabalho:

     1. Respeitar horários de descanso, utilizando de forma responsável e consciente;

     2. Comunicar a liderança quando ocorrer transtornos físicos / psíquico que possam comprometer a Saúde e Segurança dos integrantes envolvidos no processo;

     3. Quando utilizar medicamentos que não seja de rotina e /ou em caso de dúvidas se o mesmo pode causar sonolência entrar em contato com o ambulatório médico para esclarecimento de dúvidas;

     4. Participar do Programa de Ginástica Laboral e acatar todas as orientações feitas pelo Fisioterapeuta, com objetivo de otimizar o estado de alerta dos integrantes;

     5. Fica terminantemente proibido “dormir” durante a jornada de Trabalho, sobre quaisquer circunstancia, sabendo que o descumprimento desse item caberá a aplicação de medidas disciplinares (suspensão e dispensa por justa causa).

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

As Mãos

     Naquela manhã o jovem professor chegou à escola um tanto cabisbaixo.

     Problemas se somavam e pesavam sobre sua sensibilidade de jovem idealista.

     Estava difícil suportar. Foi então que, durante uma reunião de trabalho ele não pode controlar as lágrimas que lhe escorreram pelo rosto, em abundância.

     Uma amiga, que o observava, em silêncio, estendeu as mãos e segurou as dele, num gesto de ternura.

     Foi uma atitude simples, mas significou muito para aquele jovem, pois ele sabia que a amiga tinha uma vida super atarefada; muitas atividades e preocupações, filhos, marido, empresa, mas, mesmo assim, tinha tempo para dedicar ao amigo, para estender-lhe as mãos.

     Aquele gesto simples levou o jovem a escrever sobre a importância das mãos. O texto diz mais ou menos assim:

     As mãos podem muitas coisas: oferecer apoio no momento certo, estender-se para consolar, segurar firme para amparar.

     Mas o que mais podem as mãos?

     As mãos saúdam, as mãos sinalizam. As mãos envolvem, dão carinho.

     As mãos estabelecem limites. Escrevem. Abençoam.

     As mãos desenham no ar o "adeus", o "até logo".

     As mãos agasalham. Curam feridas.

     Para o mudo a mão é o verbo. Para o idoso é a segurança.

     Para o irascível a mão erguida é ameaça. Para o pedinte a mão estendida é súplica.

     Para quem ama, a mão silenciosa, que acolhe a do ser amado, é felicidade.

     Para quem chora, a mão alheia é conforto.

     Há mãos que agarram, perturbadas. Há mãos que tocam, suaves. Há mãos que ferem. Há mãos que acariciam. Há mãos que amaldiçoam.

     Há mãos que abençoam. Há mãos que destroem. Há mãos que edificam, trabalham, realizam.

     Há pessoas que transmitem energias, através da imposição de mãos, entregando-se a essa tarefa tão bela de amor.

     Nossas mãos podem exteriorizar o amor, construindo templos, hospitais e escolas; fabricando vacinas e equipamentos médicos; alimentando famintos, medicando enfermos...

     Podem concretizar a paz social assinando tratados de armistício, escrevendo livros, guiando carros, pilotando aviões, varrendo ruas, tocando instrumentos musicais, pintando telas, esculpindo, construindo móveis, prestando serviços...

     Podem manifestar fraternidade, ao lembrarmos da essencialidade do humano, da sensibilidade, da empatia, estendendo-as a um irmão que, num dia difícil, põe-se a chorar.

     Suas mãos são abençoadas ferramentas para construção de um mundo melhor.

     Use-as sempre para edificar, elevar, dignificar, apoiar, acenar com a esperança de melhores dias...

domingo, 27 de novembro de 2011

27 de novembro - Dia do Engenheiro de Segurança do Trabalho e Técnico de Segurança do Trabalho

     Dia 27 de novembro é comemorado o dia do Engenheiro de Segurança do Trabalho e do Técnico de Segurança do Trabalho.

     As profissões de Técnico de Segurança do Trabalho e de Engenheiro de Segurança do Trabalho foram regularizadas pela Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985, no entanto, muito antes desta data, as atividades do Engenheiro e do Técnico de Segurança já eram desempenhadas.

     Esta portaria definiu que, para se exercer a função de Engenheiro de Segurança do trabalho, é necessário cursar a Graduação em Engenharia e depois se especializar com uma pós-graduação em Segurança do Trabalho.

     Todos os processos e atividades que envolvem a Saúde e Segurança do trabalhador, inclusive as funções do Técnico de Segurança do Trabalho e do Engenheiro de Segurança do Trabalho, estão registrados nas Normas Regulamentadoras.

     A primeira versão das Normas Regulamentadoras foi publicada em 1978, e por elas estabeleceu-se a obrigatoriedade de serviços e programas responsáveis pelas questões relativas à saúde e segurança no ambiente de trabalho.

     Atividades do Engenheiro de Segurança do Trabalho e do Técnico de Segurança do Trabalho

     As atividades desempenhadas pelos profissionais da área de Segurança do Trabalho são: responsabilidade de aplicar os conhecimentos específicos de engenharia de segurança e medicina do trabalho com o objetivo de reduzir ou até eliminar os riscos à saúde do trabalhador; responsabilidade por orientar e treinar os trabalhadores quanto ao cumprimento das normas regulamentadoras de segurança e medicina do trabalho, o uso e conservação correta dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Também deve se envolver nos processos industriais para auxiliar na análise da melhor forma de se executar as tarefas com o maior índice de segurança possível. Além de supervisionar e orientar tecnicamente o serviço em diversos segmentos, ele também controla e fiscaliza sistemas de proteção coletiva e equipamentos de segurança e prevenção contra incêndio e pânico assegurando qualidade e segurança.

     A profissão de Engenheiro de Segurança do Trabalho e de Técnico de Segurança do Trabalho é de extrema importância para a saúde dos trabalhadores.

     O Blog Valores e Atitudes Seguras parabeniza todos os profissionais da área de Saúde e Segurança do Trabalho e, em especial, no dia 27 de novembro. Queremos homenagear você que se dedica a oferecer melhores condições de segurança para todos os trabalhadores deste país.

     Parabéns pelo seu dia!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Dengue

     A dengue é uma doença transmitida pelo mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. A doença é acometida de febre aguda que se caracteriza por um início repentino, permanecendo por 5 a 7 dias. O doente apresenta dor de cabeça intensa, dores nas articulações e musculares, seguidas de erupções cutâneas 3 a 4 dias depois. Surge sob a forma de grandes epidemias, com grande número de casos.

     Existem quatro tipos diferentes de sorotipos do vírus do dengue, denominados dengue 1, 2, 3 e 4. Algumas manifestações do dengue são hemorrágicas, isto é, o paciente apresenta hemorragia severa e choque. Nestes casos, após um período de febre, o estado do paciente piora repentinamente, com sinais de insuficiência circulatória, apresentando pele manchada e fria, lábios azulados e, em casos graves, diminuição da pressão do pulso. Instala-se então uma síndrome de choque do dengue podendo levar o paciente ao óbito. Os casos de dengue hemorrágico ocorrem mais freqüentemente quando o paciente é acometido pela segunda vez da doença, mas com exposição a diferentes sorotipos da doença.
O mosquito da dengue tem cerca de 0,5 cm de comprimento, é preto com pequenos riscos brancos no dorso, na cabeça e nas pernas e suas asas são translúcidas. 

     A prevenção é a única arma contra a doença

     A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.
 

     Confira os sintomas da Dengue

     O tempo médio do ciclo é de 5 a 6 dias, e o intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É só depois desse período que os sintomas aparecem. Geralmente os sintomas se manifestam a partir do 3° dia depois da picada do mosquitos.
    
Abaixo vídeo bastente educativo sobre a dengue.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Relembrar é viver

     Tudo bem pessoal!? Hoje vou quebrar um pouco o “protocolo” do blog e falar em primeira pessoa.

     Estou de férias (a “Maria” esta trabalhando e estou sozinho em casa no maior tédio), comecei a olhar algumas fotos e lembrei-me de uma antiga página pessoal que tinha com grandes amigos (Flogão... é pessoal estamos ficando velhos). Acessei o flogao.com.br/oscrocodilo e através das fotos e dos comentários pude reviver uma parte maravilhosa da minha vida, muitas festas, partidas de futebol e sobretudo amizades com pessoas incríveis. 

     E é com muito respeito a tudo que tenho hoje que digo: Que tempo bom! Quanta saudade dessa época, sem tanta responsabilidade, tantos compromissos, prazos a serem cumpridos e metas a serem alcançadas, nós apenas vivíamos e vivíamos muito, com uma intensidade invejável. Algumas amizades passaram outras permanecem (sem a mesma freqüência, mas com o mesmo carinho), nesta época fiz meus melhores amigos, pessoas que guardo no fundo do coração e desejo toda a felicidade do mundo. 

     Sou apaixonado pela vida que tenho hoje, não mudaria em nada minhas escolhas e os caminhos que segui e muito do que tenho foi originado neste período (...2004, 2005, 2006...).

     Grande abraço a todos!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Radiação solar: Perigos que a exposição excessiva ao sol traz a saúde

     Você adora se bronzear e não se importa em ficar ardendo e vermelha como um pimentão, desde que em alguns dias essa “queimadura” se transforme em bronzeado? Se esse é seu caso, está na hora de repensar essa atitude. Saiba que o que ocorre é realmente uma queimadura e em alguns casos as consequências podem ser bem desagradáveis.

     Há alguns anos, a camada de ozônio filtrava a maioria dos raios nocivos à saúde. As pessoas não usavam filtros solares e as consequências da exposição excessiva ao sol eram as queimaduras, ardências e a pele descascada. Hoje em dia, com a destruição desta camada há um mal ainda mais perigoso, o câncer de pele.

     As opções de filtros solares são muitas e os óculos devem oferecer proteção total contra os raios ultra-violetas. Chapéus, bonés e boinas não são apenas enfeites. Vale até sair de sombrinha e usar lenços. Mas se você não abre mão do bronzeado, vale a pena experimentar os cremes e sprays auto-bronzeadores. Proteger-se quando se expuser ao ar livre deve ser um hábito diário.

     No Brasil, o câncer mais comum é o de pele, correspondendo a cerca de 25% de todos os tumores diagnosticados. A radiação ultra-violeta natural, proveniente do sol, é o principal responsável. De acordo com o comprimento de onda, os raios ultra-violetas (raios UV) são classificados em raios UV-C, UV-A (320-400nm) e UV-B (280-320nm). Com a destruição da camada de ozônio, os raios UV-B, que estão relacionados ao surgimento do câncer de pele, vêm aumentando sua incidência sobre a terra. Da mesma forma, tem ocorrido um aumento da incidência dos raios UV-C, potencialmente mais carcinogênicos que os UVB.

     Já os raios UV-A independem desta camada, e causam câncer de pele em quem se expõe a eles em horários de alta incidência ao longo de muitos anos. As pessoas de pele clara são as que apresentam maior risco e como representam mais de 50% da população brasileira e se expõem ao sol muito e descuidadamente, seja por trabalho ou por lazer, e como o país situa-se geograficamente numa zona de alta incidência de raios ultra-violeta, seria previsível a alta ocorrência do câncer de pele entre nós.

     Como se Proteger

     A única forma de prevenção é não se expôr ao sol sem proteção e evitar a exposição em horários em que os raios ultravioleta são mais intensos, ou seja, das 10 às 16 horas.É preciso usar chapéus, guarda-sóis, óculos escuros (com fator de proteção) inclusive as crianças e filtros solares durante atividades ao ar livre, principalmente as esportivas quando há maior perspiração e desidratação corpórea. A neve (não é o caso do Brasil), a areia branca e as superfícies claras refletem os raios solares.

     Filtros Solares

     Os filtros solares são preparações para uso tópico que reduzem os efeitos deletérios da radiação ultravioleta. Pessoas de pele muito clara devem usar filtro com FPS de 30 ou mais. Já as mais morenas podem utilizar a partir do fator 15. Fique atento, pois nem todos os filtros solares oferecem proteção completa para os raios UV-B e UV-A.

     O uso do filtro solar não tem como objetivo permitir o aumento do tempo de exposição ao sol, nem estimular o bronzeamento. É importante lembrar que o real fator de proteção varia com a espessura da camada de creme aplicada, a freqüência da aplicação, a transpiração e a exposição à água. devem ser aplicados antes da exposição ao sol e reaplicados após nadar, suar e se secar com toalhas.

     Por fim, considerando-se que os danos provocados pelo abuso de exposição solar é cumulativo, é importante que cuidados especiais sejam tomados desde a infância mais precoce.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Você trocaria esta lâmpada?

     A nova Torre da Skywalk no topo do Centrepoint, tem mais de 500 metros de altura. Veja a escalada de dois homens para fazer reparos na lâmpada de alerta e o que mais impressiona é a insegurança da subida.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Sinergia é fundamental, mas é o suficiente?

     Sinergia é quando você faz o todo maior do que a soma das partes, ou seja: 1+1=3.
 
     Uma colméia de abelhas é uma sociedade, uma comunidade com um elevado grau de sinergia, se você não acredita lembre-se quando você teve que fugir de um enxame de abelhas, aquilo é sinergia, aquele sincronismo, aquele trabalho conjunto.
 
     As formigas são outro belo exemplo de sinergia, todas focadas e determinadas em um único objetivo, multiplicando suas forças e alcançando resultados inimagináveis.
 
     Sinergia é entender que cada um pode ser útil para viver o hoje satisfatoriamente e transformar o amanhã em algo excelente, é estender as mãos, é ajudar quem esta longe, mas ouvir quem esta perto, é quando nos unimos e criamos algo totalmente novo, quando valorizamos as diferenças porque entendemos que o objetivo é maior.
 
     Estilos, culturas e formações diversificadas são o que fazem um diferencial competitivo em uma equipe vencedora. A multiplicação de forças supera a lógica do dia-a-dia e nos impulsiona para os melhores resultados.
 
     E para alcançar os melhores resultados basta um trabalho em sinergia? Em conjunto e em equipe? ou existe um algo mais?
 
     Existe algo mais! Vou contar uma história que ilustra um pouco tudo isso:
 
     Eu criava abelhas, tinha 4 ou 5 colméias, uma criação pequena, um hobbie. Eu fiz tudo de acordo com o manual, construí uma bancada de madeira, nessa bancada coloquei as caixas com as colméias e em cada uma das pernas desta bancada ficavam latas cheias de óleo queimado, aquelas latas evitavam que as formigas, inimigos naturais das abelhas, subissem na bancada e atacassem as colméias. Então as formigas chegavam à beirada da lata, viam o óleo e acabavam desistindo.
 
     Para minha surpresa um dia cheguei ao local da minha criação e me deparei com uma imagem desoladora, parecia um campo de batalha. A mesa coberta de abelhas mortas e outras lutando, se debatendo.
 
     O inimigo? Formigas enormes, formigas pretas, grandes, atacando por todos os lados. Aquelas formigas atacando as abelhas, matando sem piedade alguma, abelhinhas pequenas, crianças ainda, decapitadas, degoladas... Uma imagem grotesca.
 
     Olhei aquilo e fiquei chateado, desanimado. Como pode uma sociedade como esta das abelhas, tão organizada, não conseguir lutar contra formigas? E como elas chegaram até aqui? Elas voaram? Desceram de pára-quedas? Construíram escadas?
 
     Sentei no capim, desolado. Fiquei observando as pernas das mesas, observei uma, observei outra e outra até que encontrei o segredo das formigas.
 
     Próximo a uma das pernas havia uma folha de capim, mais alta que as outras folhas, que ultrapassava a altura das latas. O vento balançou a folha de capim a noite inteira, e continuava balançando, na folha de capim uma fila de formigas, todas com um baldinho, loucas para atacar a colméia e pegar o mel. Cada vez que a ponta do capim encostava-se ao pé da mesa subia uma fila de formigas.
 
     Da um passinho à frente, da um passinho à frente, eu também quero subir. E elas subiam, a última dava uma balançadinha na ponta da folha quase caindo e esperava a próxima oportunidade do capim encostar para poder subir.
 
     Assim elas atacaram a noite inteira, centenas de formigas subiram uma a uma, em uma única folha de capim, atacaram as colméias e venceram.
 
     As formigas, embora fossem uma sociedade com tanta sinergia quanto a das abelhas venceram porque tiveram algo mais.
 
     Primeiro, tiveram um senso de observação muito grande, deve ter ficado uma formiguinha dias com um binóculo observando o terreno vendo o que ia acontecer.
 
     Segundo, elas perceberam o capim, a percepção foi fundamental.
 
     Terceiro, o senso de oportunidade, elas sabiam que quando o capim encostasse a ponta tinham que agarrar esta oportunidade, por que não sabiam se iria acontecer novamente.
 
     Outra qualidade importante foi o trabalho em equipe, sem ele elas não conseguiriam.
 
     Estas características não podem faltar, se faltar qualquer uma delas, sinergia será um belo discurso, mas não vai fazer efeito nenhum, não vai trazer mel.

sábado, 29 de outubro de 2011

Palestra "Minha Vida" - Acidente de trânsito

     Estamos nos aproximando do final de ano e conseqüentemente dos períodos de festas e comemorações, nesta época tendemos a nos permitir mais e extrapolar na alimentação, diversão e principalmente no consumo de bebidas alcoólicas. Neste período tendemos a relaxar, nos preparar para as férias, olhar para o ano que se passou e ter a sensação de dever cumprido e começar a planejar o próximo ano.

     Todos estes fatores são potencializadores de acidentes no trabalho e trânsito e muitas vezes não percebemos o quanto somos negligentes com nossa saúde e com a saúde de nossos amigos e familiares. Abaixo segue uma palestra que nos proporciona realizar uma grande reflexão sobre o impacto de nossas atitudes em nossa vida e na vida de nossos amigos e familiares.

     Assista o vídeo abaixo e "ganhe" aproximadamente 9 (nove) minutos da sua vida, garanto que vale a pena.


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Quero ser uma televisão

     Na sala, a professora pediu aos seus alunos que fizessem uma redação e que na mesma expressassem o que gostariam que deus fizesse por eles.

     Já em casa e quando corrigia as redação dos seus alunas, deparou-se com uma que a deixou muito emocionada.

     O marido, nesse momento, entrou na sala onde ela se encontrava e vendo-a a soluçar, perguntou-lhe: O que aconteceu?

     Ela respondeu-lhe:

     - Lê! Passando-lhe uma folha de papel. É a redação de um aluno meu.

     O marido pegou na folha de papel que ela lhe entregaca e começou a ler.

     - Quero ocupar o espaço dela. Vider como a televisão da minha casa vive. Ter um lugar especial para mim e reunir a minha família em redor.

     - Ser levado a sério quando falar.

     - Ser o centro das atenções e ser escutado sem interrupções ou perguntas.

     - Quero receber a mesma atenção que ela recebe quando não funciona.

     - Ter a companhia do meu pai quando ele chega à casa, mesmo que esteja cansado.

     - Que a minha mãe me procure quando estiver sozinha e aborrecida, em vez de me ignorar. E ainda, que meus irmãos “briguem” para poderem estar comigo.

     - Quero sentir que a minha família deixa tudo de lado, de vez em quando, para passar alguns momentos comigo.

     - Por fim, que eu possa divertir a todos Senhor, não te peço muito. Só te peço que me deixes viver com intensidade o que qualquer televisão vive!

     Quando terminou a leitura, o marido virou-se para a professora e disse:

     - Meu deus, coitado desse menino. Que pais ele tem!

     A professora olhou bem nos olhos do marido e depois baixou-os, dizendo num sussurro:

     - Essa redação é do nosso filho!

     E para você? Será que a televisão é o que de mais importante há na sua casa?

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Gestão do fósforo

     Um fósforo, uma bala de menta, uma xícara de café e um jornal: estes quatro elementos fazem parte de uma das melhores histórias sobre atendimento que conhecemos...

     Um homem estava dirigindo a horas e, cansado da estrada, resolveu procurar um hotel ou uma pousada para descansar. Em poucos minutos, avistou um letreiro luminoso com o nome: Hotel Venetia. Quando chegou à recepção, o hall do hotel estava iluminado com luz suave. Atrás do balcão, uma moça de rosto alegre o saudou amavelmente:

     - "Bem vindo ao Venetia".

   Três minutos após essa saudação, o hóspede já se encontrava confortavelmente instalado no seu quarto e impressionado com os procedimentos: tudo muito rápido e prático. No quarto, uma discreta opulência; uma cama, impecavelmente limpa, uma lareira, um fósforo apropriado em posição perfeitamente alinhada sobre a lareira para ser riscado.

     Era demais! Aquele homem que queria um quarto apenas para passar a noite, começou a pensar que estava com sorte. Mudou de roupa para o jantar (a moça da recepção fizera o pedido no momento do registro). A refeição foi tão deliciosa como tudo o que tinha experimentado naquele local até então. Assinou a conta e retornou para o quarto. Fazia frio e ele estava ansioso pelo fogo da lareira. Qual não foi a sua surpresa! Alguém havia se antecipado a ele, pois havia um lindo fogo crepitante na lareira. A cama estava preparada, os travesseiros arrumados e uma bala de menta sobre cada um. Que noite agradável aquela!

     Na manhã seguinte, o hóspede acordou com um estranho barulho de borbulhar. Saiu da cama para investigar: simplesmente uma cafeteira, ligada por um timer automático, estava preparando o seu café e, junto, um cartão escrito: "Sua marca predileta de café. Bom apetite" Era mesmo! Como eles podiam saber desse detalhe? De repente, lembrou-se: no jantar perguntaram qual a sua marca preferida de café. Em seguida, ele ouve um leve toque na porta. Ao abrir, havia um jornal. Mas, como pode? É o meu jornal! Como eles adivinharam? Mais uma vez, lembrou-se de quando se registrou: a recepcionista havia perguntado qual jornal ele preferia.

     O cliente deixou o hotel encantado. Feliz pela sorte de ter ficado num lugar tão acolhedor. Mas, o que esse hotel fizera mesmo de especial? Apenas ofereceram um fósforo, uma bala de menta, uma xícara de café e um jornal.

     Nunca se falou tanto na relação empresa-cliente como nos dias de hoje. Milhões são gastos em planos mirabolantes de marketing e, no entanto, o cliente está cada vez mais insatisfeito, mais desconfiado. Mudamos o layout das lojas, pintamos as prateleiras, trocamos as embalagens, mas esquecemos-nos das pessoas. O valor das pequenas coisas conta, e muito. A valorização do relacionamento com o cliente. Fazer com que ele perceba que é um parceiro importante!

     Isto vale prá tudo!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Crianças: O futuro do planeta!

O que nós adultos precisamos fazer para que as crianças de hoje venham a ser, no futuro, adultos de qualidade, pessoas saudáveis e felizes?
     Uma frase muito curiosa, vencedora de um Congresso no Brasil sobre Vida Sustentável, diz: "Todos pensam em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que pensarão em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"
     A educação que se recebe em casa é o que determina as atitudes e as posturas dos filhos frente ao mundo. Uma criança que aprende o respeito e valores dentro de casa, através do exemplo de seus pais, crescerá e se tornará um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive no respeito ao nosso planeta. A educação das crianças cada dia está sendo levada a sério pelas creches, escolas, avós, irmãos mais velhos, companheiros do colégio e do pátio, além dos meios de comunicação.
     Como eu posso garantir o desenvolvimento sustentável? Com atitudes simples, como fechar a torneira enquanto escova os dentes, não demorar no banho, jogar o lixo nos locais apropriados, comprar carros movidos a combustíveis alternativos, engajar-se em movimentos de ajuda comunitária, não depredar o patrimônio natural, limpar o quintal de sua casa, tratar com respeito as pessoas diferentes de você, e por aí vai
     Ao criar o mundo, Deus nos presenteou com uma diversidade de recursos naturais, que poderiam ser usados, mas que também teriam de ser preservados. No entanto, durante muito tempo, em nome do progresso e do desenvolvimento econômico, o homem usou e abusou desses recursos naturais. Conseqüentemente, eles foram se esgotando.
     Como despertar uma consciência ecológica nas nossas crianças, nos nossos filhos? Abaixo vão algumas dicas:
  • Em primeiro lugar, dando exemplo dentro de casa, quanto à economia de energia, água, papel, evitanto toda forma de desperdício.
  • Quando forem passear com eles, levar sempre sacos de lixo, e não jogar lixo em qualquer lugar.
  • Se morarem em prédios, condomínios, realizarem gincanas de limpeza, dando às crianças essa responsabilidade, munindo-as de luvas, sacos de lixo e premiação quanto à limpeza. Crianças gostam de responsabilidades e desafios.
  • Verificar se na escola do seu filho, são desenvolvidos projetos ambientais e consciência ecológica. Caso não haja esse tipo de ação, sugerir e se engajar no projeto.
  • Locar filmes que tenham como foco a preservação do meio ambiente.
  • Incluir na leitura dos seus pequenos livros que incentivam a preservação do meio ambiente.
     Se realmente queremos deixar um mundo melhor para nossos filhos, a melhor coisa a fazermos é formar nas nossas crianças uma consciência ecológica desde cedo. Nosso planeta agradece.

domingo, 9 de outubro de 2011

Ser Feliz ou Ter Razão?


     Oito da noite, numa avenida movimentada.

     O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos.

     O endereço é novo, bem como o caminho que ela consultou no mapa antes de sair.

     Ele conduz o carro.

     Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda.

     Ele tem certeza de que é à direita…

     Discutem.

     Percebendo que além de atrasados, poderão ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida.

     Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.

     Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno.

     Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados.

     Ele questiona: – Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, por que não insistiu um pouco mais?

     Ela diz: – Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz!!! Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

     MORAL DA HISTÓRIA:

     Quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não.

     Tenho me perguntado com mais frequência: "Quero ser feliz ou ter razão?"

terça-feira, 20 de setembro de 2011

20 de Setembro, Orgulho de ser gaúcho!

     Ser gaúcho, principalmente nos dias de hoje, não é só vestir-se feito um vaqueiro dos pampas, segurar uma cuia com erva-mate na mão e falar "Che" (ou tchê, aportuguesando a expressão). Ser gaúcho esta muito mais ligado com a bravura com que encaramos os problemas, a forma como somos amigos dos nossos amigos e o orgulho que sentimos por nossa integridade e lisura.

     Tirando a humildade de lado, somos realmente diferentes, somos batalhadores, esforçados, honestos, amigos... Enfim, somos um povo especial, que cultiva as tradições e cultiva sua terra.
     E que sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra! Por que ser gaúcho é:

- Saber que a nossa pátria é o Pampa e não a praia com coqueiros;

- saber que nossa característica é a bravura e não o jeitinho;

- saber que nosso valor é a lisura e não a malandragem;

- é ser simples de modos, mas reto de caráter;

- é ser franco e direto, nem que isso cause inimizades;

- é ser humilde em ambições, mas exagerado em ideais e paixões;

- é ser um respeitador fiel da hierarquia funcional e o primeiro a proclamar a igualdade;

- é um ser batalhador, que não desiste nunca;

- é um rebelde, que nunca aceita ser dominado;

- é um bravo, que não foge de uma luta por ser difícil;

- o gaúcho autêntico é um verdadeiro tradicionalista.

     Não porque aprende coisas no CTG, mas porque carrega em si esses valores e não vê alternativa possível de vida digna fora deles.

     Por isso eu tenho orgulho de ser chamado de "GAÚCHO".

     Um quebra costela a todos!

sábado, 17 de setembro de 2011

Segurança em Versos - 2ª edição - Grupo GPS

     O Concurso de paródias “Segurança em Versos”, realizado pelo Grupo GPS, teve a sua segunda edição neste ano de 2011.

     Os eventos foram um sucesso, sendo prestigiados por colaboradores do Grupo, clientes Braskem e Borealis.

     Sete composições transmitiram a importância da Segurança no Trabalho, com muita criatividade através da música.

     O concurso de paródias “Segurança em Versos”, contou com a brilhante contribuição de nossos músicos e compositores dos serviços de logística e Segurança Patrimonial

      Mais uma vez a participação das equipes operacionais e administrativas foi surpreendente, proporcionando a platéia momentos de reflexão e entusiasmo.
     O objetivo do evento não foi o de competição, mesmo assim houve o reconhecimento das melhores obras e dos músicos destaques, abaixo seguem os premiados:


1º Lugar - Prêmio de Melhor Obra

     Obra: Eu sei (paródio da música: Não sei, TNT)

     Autor: Eduardo Motta, Gustavo Enick e Daniel Barros
     Músicos: Gustavo Enick (Voz e Guitarra), Priscila Alves (Violão) e Uendel alves (Bateria)
     Área: Braskem PE6, Expedição    
 

2º Lugar: Prêmio de Melhor Obra
 
     Obra: Segurança de Dime (paródia da música: Enter Sandman, Metállica)
 
     Autor: Sandro Luis Ávila
     Músicos: Sandro Luis Ávila (Voz e Guitarra); Eliezer Silva (Baixo) e Uendel Alves (Bateria)
     Área: Braskem P2/PE5, Ensaque



Prêmio de Melhor Obra - 3º lugar

     Obra: Olha Guri (paródia da música: Um Pito, Wilson Paim)

     Autor: Sandro Oliveira Campos
     Músicos: Priscila Alves (Voz e Violão)
     Área: Braskem PP1, Expedição


Prêmio de melhor Instrumentista

     Nome: Sandro Luis Ávila


Prêmio de melhor Intérprete

     Nome: Gustavo Enick

     Segue imagens do evento, assim que o DVD estiver pronto estarei divulgando os vídeos.


domingo, 11 de setembro de 2011

Dinâmica de grupo


      As dinâmicas de grupo são ferramentas que permitem a criação e recriação do conhecimento, além de auxiliar na avaliação do comportamento, seja do novo candidato a uma vaga ou de antigos colaboradores da empresa.

    As dinâmicas têm como finalidade prática saber o que pensam, sentem e vivem as pessoas dentro das empresas, escolas, sociedades. Visa desenvolver a teorização sobre sua prática como processo sistemático, ordenado e progressivo, buscando retornar à prática, transformando-a para incluir novos elementos que permitam explicar e entender os processos vividos.

     As técnicas de participação em dinâmicas geram um processo de aprendizagem que permite:
  • Desenvolver um processo coletivo de discussão e reflexão;
  • Ampliar o conhecimento individual e coletivo, enriquecendo seu potencial e conhecimento;
  • A criação, formação, transformação e conhecimento, onde os participantes são sujeitos ativos no processo de elaboração e execução;
     Para que uma técnica sirva como ferramenta educativa, deve ser utilizada em função de temas específicos, com objetivos concretos e aplicados de acordo com os participantes com os quais esteja trabalhando.

     ELEMENTOS DA DINÂMICA
  • Objetivos – Quem vai aplicar a dinâmica deve ter claro o objetivo a ser alcançado;
  • Materiais/recursos – são ferramentas que auxiliam na execução da dinâmica (TV, som, vídeo, papel, tinta), técnicas de teatro, cartazes, etc.;
  • Ambiente/clima – o local deve estar em condições para a execução da dinâmica proposta (amplo, restrito, claro, escuro, coberto, etc.);
  • Tempo – deve ter uma estimativa de tempo, com início, meio e fim;
  • Passos – Deve-se ter clareza dos objetivos e dos passos a serem seguidos que permitam chegar ao final de maneira gradual e clara;
  • Número de participantes – deve-se saber com antecedência, para providenciar espaço e material necessário;
  • Perguntas e conclusões – Permite resgatar a experiência, avaliando o que foi visto, os sentimentos envolvidos, o aprendizado e possíveis encaminhamentos;

     TÉCNICAS UTILIZADAS EM DINÂMICAS
  • Quebra gelo – ajuda a tirar as tensões do grupo, desinibindo as pessoas. Pode ser uma brincadeira onde as pessoas se movimentam e se descontraem, resgatando as experiências de criança, derrubando a seriedade do grupo e aproximando as pessoas;
  • Apresentação – ajuda as pessoas a se apresentarem ao grupo, possibilitando descobrir quem são os outros, sem máscaras ou disfarces, mas com respeito à vontade alheia. Exige diálogo sincero e verdadeiro e é preciso um clima de confiança de descontração, com dinâmicas de curta duração;
  • Integração – possibilita analisar o comportamento grupal, através de exercícios específicos que permitem partilhar aspectos mais profundos das relações interpessoais do grupo. Trabalha a interação, comunicação, encontros e desencontros do grupo;
  • Animação e relaxamento – tem por objetivo eliminar as tensões, soltar o grupo para um encontro mais ativo e produtivo. Deve ser utilizada para romper o ambiente frio e impessoal e não apenas para preencher um vazio de tempo;
  • Capacitação – Possibilita a revisão, a comunicação e a percepção do que fazem os destinatários, ampliando a capacidade de escuta e observação. Facilita a atuação dos animadores para orientar melhor o grupo;
  • Litúrgicas – Possibilitam ao grupo uma vivência e uma experiência da mística, do sagrado, facilitando o diálogo com leituras bíblicas.
     Todas estas dinâmicas e técnicas têm por objetivo trazer o grupo à uma experiência de convívio e descontração que, ao mesmo tempo em que diverte, ensina e ajuda a compreender melhor o processo de elaboração das vivências pessoais e grupais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...